EcoturismoNo Brasil, esse segmento ganhou destaque com os movimentos ambientalistas em prol da preservação da fauna e da flora brasileira. Assim, existem várias atividades que divertem o turista e o fazem conhecer os melhores hotéis-fazenda de sua região.

De acordo o Ministério do Turismo, em seu manual Ecoturismo - orientações básicas, ele é conceituado como:

“um segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista por meio da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações.”

Existem variadas formas de fazê-lo e caracterizá-lo dentro de uma região. Baseado nisso, há importantes aspectos como: gerenciamento, proteção e conservação dos recursos naturais (estratégias e ações que minimizem os impactos nocivos do homem ao meio ambiente), quantidade de turistas x frequência das visitas, tamanho das instalações, a paisagem e a educação ambiental, etc.

Padrões, normas e certificações são adotados por muitos hotéis. Pode-se ver nas trilhas de cachoeiras com placas informando para não jogar lixo ou ter cuidado com animais selvagens. E, para implantar essas normas, é importante ter guias turísticos, condutores e técnicas que ensinam as pessoas sobre normas a serem seguidas dentro do hotel-fazenda.

Há aquelas atividades que se relacionam com o Turismo de Aventura e, portanto, devem ser feitas com equipamentos e roupas adequadas. Isso será definido de acordo com o perfil do turista, pois ele pode ser um ecoturista (aquele que possui elevados princípios de conservação ambiental, busca experiências que conservem os recursos naturais, históricos e culturais, levando em consideração a população local e o desenvolvimento sustentável), ou uma pessoa comum, se ela deseja apenas conhecer um pouco do ambiente ou enfrentar aventuras com os esportes radicais. Veja abaixo uma lista de atividades organizadas dentro do ecoturismo:

•Observação de fauna: aventure-se, observando o habitat dos animais da fazenda, desde aves e mamíferos a insetos e répteis. Um dos esportes praticados é o mergulho ou flutuação. Em fazendas, há lagoas ou lagos para pesca ou mergulho. Através de equipamentos especiais, os visitantes podem entrar em contato com esses ambientes aquáticos. Outros optam pelo pesque-pague, onde existe a possibilidade tanto de pescar, comprar e levar o peixe, quanto desfrutar da pesca, apenas por esporte.

Observação da flora: passeie pelos campos, com guias turísticos! Conheça os biomas da região. Saiba como as comunidades locais utilizam a fauna para produzir remédios fitoterápicos com as ervas medicinais. Através dessa observação, o visitante terá muitas experiências de como usar o meio ambiente de forma sustentável.

Observações de formações geológicas: seja em cima ou embaixo das montanhas, planícies e montes, você poderá viajar por dentro das formações rochosas e caminhar por várias trilhas que o seu condutor lhe mostrará. Alguns esportes radicais encontrados são: rapel, rafting, moutain-bike, dentre outros.

Visitas às cavernas: também chamada de espeleoturismo, as cavernas são locais que preservam espécies em extinção. Lagos, lagoas subterrâneas, espaços internos, ora imensos e misteriosos, ora desafiadores e silenciosos encantam os turistas a mergulhar em seu interior.

Observações astronômicas: são construções feitas em locais pouco iluminados para observações de estrelas, astros e outros corpos celestes. Um exemplo está localizado no Distrito Federal, no RM Hotel-Fazenda, que possui o primeiro observatório de Brasília.

Mergulho livre: é um tipo de mergulho feito com máscara, snorkel (tubo que facilita a respiração embaixo d'água) e nadadeiras dentro de rios, lagos ou cavernas. 

Caminhadas: nas caminhadas, também são feitas trilhas e, geralmente, as pessoas são acompanhadas por guia. Mas o caminho é pré-definido. Existem aquelas que, após determinado percurso, pode-se chegar a áreas próprias para camping ou à beira de um lago ou num campo. Outras caminhadas são longas, onde o atleta precisa levar equipamento de viagem ou encontrar pousadas para se hospedar à noite.

Hotel Fazenda CanoagemTrilhas interpretativas: não necessita de um guia, mas os visitantes devem seguir um caminho feito de pedras ou madeira, com placas de sinalização informando aonde devem ir. Dependendo do local que é feito e do nível de dificuldade, serão necessários equipamentos para proteção, facilitadores, como escadas, pontes, etc.

Safáris Fotográficos: locais em que existe a possibilidade de fotografar animais a pé ou dentro de meios de transporte.

Existem outras atividades praticadas com o ecoturismo e essas são exemplos daquilo que pode ser aproveitado nos hotéis-fazenda do Brasil. Nas férias, escolha uma rota turística e não deixe de conferir as principais opções do ecoturismo!